Timidez - NINGUÉM me quer!


Pelo senso comum, a Timidez é um padrão de comportamento caracterizado pela inibição em certas situações, podendo ser acompanhado de algumas alterações fisiológicas, como aceleração da respiração e dos batimentos cardíacos. Em outras palavras, é um padrão de comportamento em que a pessoa não exprime (ou exprime pouco) os pensamentos e sentimentos, e não interage ativamente. Esta maneira de explicar a Timidez é também usada em várias abordagens da psicologia e de psicoterapia.


Você passou sua adolescência sendo ridicularizado pelos colegas na escola, alguma característica física que você odeia, era sempre mencionada. no final das contas, de tanto ouvir aquilo, acabou cristalizando dentro de você que era verdade, que era fatal. Isso tudo, fez com que você tivesse vergonha de se relacionar com amigos, ou falar muito, se expor. Talvez sua própria criação, a educação recebida de seus pais o fizesse ser mais recatado.


Este tipo de situação, interfere na adolescencia de forma pesada. Você se interessa por alguém, na escola por exemplo, e jamais ousaria contar pra ninguém tal fato, e esconde isso até que o próprio tempo a faça esquecer. Ás vezes a pessoa que você gosta, faz piadas de seus defeitos...
Você não tem muitos amigos, acaba sendo desinteressante, não é popular e desenvolve um gosto por coisas diferentes. Ao invés de encontrar os amigos, você estuda mais, abre seu intelecto, começa a ter valores completamente diferentes de todos os seus colegas e quem sabe, tem um amigo parecido, o qual compartilha o que gosta.

O tempo passa e isso não foi ruim pra você internamente. Você se sente mais "inteligente" que os outros, observa muito mais, pensa antes de agir, se torna interessante.

Seu passatempo não é sair pra dançar, ir para baladas e beber. Você vê seus colegas tendo filhos cedo, fumando, chegando tarde em casa, e alguns deles entregue às drogas.
Será mesmo que foi injusto o que você passou na adolescência? Será que isso vai passar? Não é verdade que no final das contas você queria estar lá, e não sozinho?

Com o passar do tempo, aquela característica física que você odeia vai melhorar. Mesmo que ela não suma por completo, você vai aprender a cuidar de você mesmo, e vai atrar muitas pessoas. A diferença é que isso vai acontecer mais tarde do que com seus amigos.

Um certo limite deve ser imposto dentro de você quanto a sua timidez. Você agora é maduro, mas não consegue se aproximar de alguém, porque criou uma barreira pessoal perante aquilo. Você começa a criar dificuldades e arranjar motivos pra sí próprio de que não dá, não pode, não quer alguma coisa que no fundo quer muito. Fazer alguma coisa pra ter o que deseja, tomar uma atitude, não vai fazer de você "comum", nem memos inteligente, pelo contrário, fará de você uma pessoa capaz de realizar um desejo.

Force você mesmo a fazer atividades que o exponha. Cantar, trabalhar com vendas, ter mais contato com pessoas estranhas, ou até mesmo sempre ir até a padaria e ao mercado, fará com que você force o contato e "aprenda" sobre aquele universo que seus colegas dominam.
Você passou sua adolescência inteira pensando. Observando tudo à sua volta e tirando conclusões mentais. Arranjando soluções para o problema dos outros. Você agora tem uma incrível capacidade intuitiva. É hora de usá-la a seu favor.

- Ao tentar fazer alguma coisa, lembre-se que tentando, você TEM a chance de conceguir ou não conseguir. Ao não tentar aquilo, você não teve chance nenhuma em suas mãos.
- Livre-se do medo. Qualquer coisa que der errado naquele momento em que você tentou, passará rápido e indolor, apagada pelo tempo. E tentando você teve a chance de conseguir o que tanto desejou.
- Fale o que sente. Conte sempre com alguém e ouça com atenção a todos os conselhos.
- Nunca há motivos para não tentar.


Ele teve a coragem igual ao desejo...