Lidando Com Pessoas Brigonas

Se seu parceiro ou parceira adora começar uma briga sem motivos, saiba o que fazer


Você está tranquilo e lá vem a sua mulher te provocar. Ela conhece seus pontos fracos, e sabe exatamente o que falar pra te tirar do sério, e aparentemente ela parece estar fazendo isso por puro prazer. Algumas pessoas tem tendência a brigas, muitas vezes o caso pode ser clínico ou puro hábito.
Separei algumas dicas para quem é obrigado a conviver com pessoas brigonas

Fique Calmo

Sua Magrela, palito de fósforo!
A primeira coisa e principal para lidar com alguém que começa um conflito, é nunca sair de si. Se for o marido ou mulher, ou alguém muito íntimo como um irmão, ele saberá exatamente como te causar dor, e sabe tudo o que precisa dizer para que você perca o controle, por isso você terá que ser mais forte que ele e não dar corda.

Toda vez que sentir que vai brigar, tente se acalmar. O que a pessoa procura é exatamente que você perca o controle. Deixe ela gritar pra lá, a pior coisa que você pode fazer é gritar também.

Fale Baixo

Tente diminuir o tom da sua voz conforme o dela aumenta. E tente jamais revidar qualquer insulto. Falar baixo, força ela a fazer o mesmo caso queira te escutar. Mesmo que ela esteja atropelando sua fala com os gritos, continue com o tom baixo até que ela se dê conta de que você está falando alguma coisa.

Bom Humor

Seja bem humorado contra a raiva dela. Não seja debochado, mas sorria. Faça exatamente o contrário dela, mas nunca deixe ela pensar que você está "usando" o humor para brincar com a situação. Ache graça quando for ofendido.

Vou jogar sua cueca pro cachorro!
Dê o Fora

No meio de uma briga, quando você perceber que não vai suportar, e está prestes a revidar, saia. Desculpas como "estou atrasado" e "preciso ir", ir ao banheiro sempre funcionam. Você interrompe o raciocínio e o furor dela, conseguindo que ela se acalme naturalmente.


Eu vi você olhando aquela lambisgóia
Enfim, vale de tudo, menos se irritar ou irritar a pessoa. Deixar que ela fale e tentar ouví-la também é solução, afinal de contas se alguém está irritado é por algum motivo. Só tente tocar no assunto da briga, quando a pessoa não estiver mais irritada.

Se ela sempre tem tendência a arrumar confusões, pode não gostar se você agir de forma passiva no início, porque aquilo faz bem pra ela. Porém conforme o tempo passar, ela vai desistir de brigar com você, começar a falar mais baixo, parar pra te escutar (já que você  fala baixo), e entender que tentar brigar com você é inútil.

Na hora do "eu te odeio", a melhor coisa que podemos dizer sem ironias é "eu te amo".