Paixão Repulsa

Quando a paixão faz com que alguém queira distância de você


Você está apaixonado por alguém. Depois de se declarar, ou quando aquela pessoa disse que não gostava mais de você, tudo começou a desabar, e agora, quanto mais ela te machuca, mais você gosta dela e o pior, mais você anda atrás, liga, persegue, sem saber que cada vez que faz isso, está afastando ainda mais quem você ama.



Separei algumas dicas para você que está apaixonado, conseguir afastar este sentimento de repulsa que a outra pessoa acaba criando, cada vez que você diz "eu te amo".


Do Ponto de Vista de Quem Rejeita

Sabe porque você rejeita e quer distância daquela pessoa chata que não te deixa em paz? Não é só porque ela não te deixa em paz, é porque ela não te proporciona desafios.

Quando você não está apaixonado por alguém, existem várias razões para que isso não aconteça. Se você já foi apaixonado por ela antes por exemplo, algumas coisas mataram a paixão, como a rotina e brigas. Agora que você não demonstra mais interesse, fez com que aquela pessoa acordasse percebendo que existe a possibilidade da perda, ou seja, quando a ameaça da perda é real, quando alguém perde ou vai perder, ela se torna inconformada.

A pessoa passará por várias tentativas de reatar o amor, e se tornará ainda mais obcecada por você. Esse tipo de comportamento, é o pior possível para lidar.

  • Telefone que não para de tocar - Você já sabe que é ela
  • Escândalos se você se aproxima de alguém - ela não vai aceitar você com outra pessoa
  • Diversas vezes indo até a sua casa - Se deparando com visitas sua, ou impedindo você de seguir sua vida
  • Se arrastando de joelhos por uma chance - Ela será um capacho
Por ser um capacho, essa pessoa não representará nenhuma excitação pra você. Sabe do que as pessoas gostam numa relação? De enigmas. Não existe prazer em algo que já está revelado, que você tem com facilidade, que você não precisou batalhar pra conseguir. Por isso preferimos o sensual ao vulgar, porque já vimos tudo, e tudo já está desvendado, precisamos sempre de algo que ainda podemos revelar.

Se esse alguém faz de tudo pra te conquistar, principalmente não te contrariar com medo da perda, você não vai achar nada de interessante nela, pelo contrário, você tende a se distanciar.

A Perda

psiquiatra suíça Elisabeth Kübler-Ross propõe uma descrição de cinco estágios discretos que uma pessoa passa ao lidar com uma perda. São conhecidos como os cinco estágios da morte, e servem muito bem para esta situação. 

  1. Negação: "Não quero te perder, não vou deixar você partir, não aceito ficar longe de você"
  2. Raiva: "Você não pode ficar com mais ninguém!" "Vou destruir você" "Vou me vingar" "Injustiça comigo"
  3. Negociação/Barganha: "Por favor, volte pra mim" "Me dê uma chance", "Eu serei diferente"
  4. Depressão: "Não quero mais viver", "Ninguém me ama", "Vou beber até cair", "Minha vida não tem sentido" 
  5. Aceitação: "A vida continua", "Vou encontrar um novo amor", "Tudo vai ficar bem"


Do Ponto de Vista do Rejeitado

Por que quanto mais eu demonstro amor e faço coisas boas, mais essa pessoa se afasta? E eu não tento contrariá-la.

Pois é exatamente por isso. Você tem MEDO!

O medo é um dos fatores que tornam o rejeitado um pé no saco. Isso mesmo!
Seu medo da perda total, faz com que você deixe de ser uma pessoa interessante. Você pensa que ao contrariar o amado, despertando nele o sentimento de discórdia, ou seja, um sentimento ruim para com você,   estaria contribuindo para a perda.

É por causa de vários sentimentos negativos (que na verdade não são negativos), é que acabamos por nos tornar insuportáveis. Porque será que toda vez que esquecemos alguém de vez e começamos a viver nossa vida, aquela pessoa costuma aparecer dizendo que gostava de você, que percebeu só agora que te ama, enfim, normalmente quando já não estamos mais afim.

Por isso, quando falamos que quando começamos a cuidar da nossa vida, sair com amigos, ser feliz, escrevendo nossa história, é que chamamos a atenção de quem não dava a mínima pra nós.

Conclusão

Se humilhar, minimizar, implorar, perseguir,  são pontos contra se você quer o amor de alguém de volta. Por incrível que pareça, é fazendo o contrário que conseguimos o valor que queríamos; - nos valorizando, mostrando que gostamo de nós, tendo nossas próprias opiniões, mantendo nosso orgulho, deixando aquela pessoa pra lá, e não dando a mínima pra ela.

Com isso, você desperta o sentimento de "perdi o meu capacho?" "Será que ele/ela ainda me ama?", pois ninguém gosta da idéia da perda, mesmo que seja só pra manter esse alguém em banho maria, gostamos de alguém "querendo a gente".