Medo da Perda - Omitir um Erro na Relação, é Melhor ou Pior?



Porque omitir acaba se transformando em mentir. Quando escondemos um problema e deixamos ele crescer.



Você ama muito seu parceiro não é? Mas é possível que em algum momento a gente possa cometer erros que podem colocar nossa relação na beira de um precipício. Geralmente quando se ama demais e se comete um erro, é de costume querer esconder o erro, pra não perder. Afinal, omitir, é pior ou melhor?
Omitir Vira Mentir

Ninguém gosta da idéia de ser enganado, isso é fato. Certas coisas costumam causar vergonha pra gente quando confessamos o erro, porém, por melhor que seja sua intenção diante do que você fez, seu parceiro vai ficar muito irritado quando souber que você escondeu dele uma coisa por muito tempo.

Quando erramos, nem sempre sabemos que o que fizemos poderia ter um efeito negativo pra nosso parceiro. Pode acontecer de você pensar que ele não ia se importar muito, que aquilo que você fez, não era algo tão errado assim, e por algum motivo, você descobre que seu erro pode ser o fim da relação se você contar.

O problema de um erro muitas vezes está em esconder. Cometer um erro é ruim? Sim, é, mas se você abre o jogo cedo, as chances de você ser perdoada serão maiores. Levar aquilo adiante omitindo, é viver numa felicidade falsa até que ele descubra, e se sinta traído.

Uma das piores coisas da omissão, é quando uma pessoa estranha - não tão estranha assim, uma amiga, uma irmã - e não seu marido/namorado, sabem mais do erro cometido, do que você. A sensação de traição, de se sentir um idiota, é muito maior, porque o certo, é ele ficar sabendo antes de qualquer um.

Não Quero Perdê-lo

Mas e se você escondeu o que fez porque está com medo de perder? 

Antes de mais nada, pense no seguinte: Uma mentira não pode ser escondida a vida toda. Quanto mais tarde a pessoa descobrir tudo o que você fez, pior será. Algumas pessoas são mais flexíveis ao perdão, outras perdoam por amor, mas mesmo quem perdoa por amor, pode não suportar ser enganado.

Quer dizer que, você pode ter a chance de ser perdoada se contar mais cedo, mas não vai ter a chance se omitir. Observe como ele pode se sentir:

- Contar o erro assim que cometeu
  • Sentimento de "traição" junto com culpa
  • Piedade, redenção e arrependimento imediato da pessoa - mostrando que o relacionamento é mais importante
  • Fidelidade e cumplicidade


- Contar o erro depois de muito tempo, ou ele ser descoberto por terceiros
  • Sensação de traição sem culpa (ele acha que você não sentiu remorso ao esconder)
  • Sentimento de ter sido feito de idiota por muito tempo
  • Tempo = agravante do problema
  • Falta de consideração e sensação de algo ter sido tramado pelas costas
  • Falta de confiança
  • Egoísmo

O risco da perda é igual em ambos os casos, mas se você for perdoada logo de início, tendo sido franca, deixando ele saber tudo primeiro, porque se arrependeu, e teve medo de perdê-lo,  mostrou que ele estava em primeiro lugar, reduz o seu risco de perda, do que num futuro ele descobrir sozinho por outra pessoa, ou você ficar carregando por muito tempo um peso na consciência. Vai fazer mal pra você e pra ele. A mágoa pelo erro vai existir de início, mas a forma com que ele descobriu o que foi omitido, é o que define o peso da "mentira"

A palavra omitir, vira mentir na cabeça de quem foi enganado. Por isso tome cuidado para não esconder nada de quem vive com você. Às vezes, uma besteirinha (que você pensa não ter importância), pode ser o fim do mundo na cabeça de quem está ao seu lado.

Não cometer erros é muito bom, mas infelizmente não é sempre assim. Pensar antes de fazer uma burrada, também é primordial, e evita riscos de você cair nessa situação. Ter cometido um erro sem saber que ele era grave, também é ruim, talvez um dos piores tipos. 

Pense bem antes de esconder alguma coisa. 

 Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos por todo tempo. Abraham Lincoln