Rotina no relacionamento - Você é o culpado!

Na relação, você apenas fica esperando que o outro faça alguma coisa pra melhorar? Então parabéns, você também é o culpado dessa situação.


No início tudo é maravilhoso. Depois de algum tempo juntos, tudo começa a ficar chato. A química entre os dois não é mais a mesma, o interesse diminui e aquela paixão simplesmente não existe mais. A única solução que você pode imaginar no momento é a separação, ou jogar a culpa no outro pelas coisas não serem mais a mesma.


Quem é o culpado?

Certamente, ambos notaram que o namoro não é mais o mesmo. Talvez o outro esteja tentando fazer alguma coisa pra agradar, e fazer com que a relação volte a ter o mesmo pique de antes, mas você simplesmente não percebe,  ou finge que não percebe, ou simplesmente acha que seu par apenas "te ama" mas você não sente mais a mesma coisa.

O problema, é que você pode não estar percebendo, a tentativa (às vezes desesperada) do seu parceiro, de reaquecer a relação.

O que você costuma fazer diante disso, é culpar a si mesm@ de não sentir mais nada, ou de estar se interessando por outra pessoa. Sabia que isso é sinal de imaturidade e despreparo para se relacionar?

Desde o início, temos que saber que a paixão vai diminuindo se você não trabalhar em cima dela. Só que o que você pode não saber, é que, para que um relacionamento dê certo de verdade, ambos precisam estar atentos pra isso, e ambos precisam saber que é difícil se relacionar, e exige um "tratamento" diário, como a velha história de um vaso de flor que precisa de ser aguado diariamente ou a planta morre. É simples assim.

Uma planta

Quando falamos de relacionamento, devemos sempre pensar nesta metáfora. Nosso relacionamento é como uma planta. Ela precisa de uma raíz sólida em primeiro lugar, para se manter e um solo firme. Depois, veja todo o sentimento que envolve vocês dois, tudo o que os mantém juntos, como uma planta, que precisa de cuidado de ambos.

Se apenas um dos dois cuidarem da planta, ele não vai aguentar o fardo sozinho. Ninguém pode dizer que consegue amar o outro duas vezes, ou que consegue ter amor para manter um relacionamento pelos dois. Com o tempo, aquela pessoa que trabalha arduamente pra manter a chama acesa, vai se cansar.

O mais imaturo na relação, vai dizer que "não sente mais nada" ou vai "pedir um tempo". Se ele não tiver feito nenhum esforço pra voltar a gostar do parceiro antes, ele não estava pronto para se relacionar. Algumas vezes esse tipo de pessoa nunca aprende, e nunca vai conseguir ter um relacionamento sólido. Talvez ele culpe os outros com quem ele se envolve, talvez ele diga que "não serve pra se relacionar" - que por um certo lado é verdade - mas só justifica que ele não sabe como fazer isso, ou tem preguiça.

Se você é do tipo de pessoa que nunca faz nada pra levantar a moral do seu namoro (ou casamento), que espera que os sentimentos diminuam com o passar do tempo, e assim parte pra outra, que vê que seu parceiro ou parceira tem se esforçado, é você o culpado.

Será que você repara quando sua namorada, por exemplo, te chama pra sair, tenta lembrar da música que vocês curtiam, ou o namorado que tenta incrementar a relação na cama, fazer alguns agrados extra, mas tudo o que você faz é se sentir "culpado" sem retribuir, ou finge que não é com você. Saiba que é hora de abrir os olhos e começar a trabalhar para reaver a paixão que existiu entre vocês.

Caso decida se separar, é bom que esteja de sobreaviso: Nenhuma relação futura que você venha a ter, vai durar mais do que o tempo da paixão diminuir. Você irá se frustar com todo "novo amor" que encontrar pelo caminho, pois tudo vai terminar da mesma forma. Sabe quem terá sido o culpado? Você!
Não se a pegue a frases de fracassados que "o amor não existe", criadas por pessoas que não saberam como agir e não se esforçam pra isso. Ter uma relação próspera, está muito, muito longe de ser algo fácil.

Esteja disposto a trabalhar por isso.