Amor do passado: como saber se é amor ou ilusão?

Guia rápido sentimental: é amor ou paixão?

É comum confundir o que sentimos na maioria das vezes. Ás vezes nos arrependemos por ter dito que sentia amor ou carregamos aquela pessoa por anos e anos dentro da gente porque achamos que seria um sentimento passageiro.

Então, vamos tentar descobrir o que você está sentindo?


A paixão pode se confundir com o amor quando temos  um passado em comum com a pessoa. Nem sempre se temos uma história com aquele alguém, quer dizer que o que sentimos é amor. Acontece que quando deixamos aquela pessoa para trás pra começar outra história de amor, sentimos um vazio ao comparar a pessoa nova com a antiga exatamente porque temos um "caderno em branco" que precisa ser preenchido.

 Vamos tentar levar em consideração que precisamos de um tempo para começar a escrever uma nova história, e que o tempo que vocês passaram juntos pode estar "atrapalhando" seu diagnóstico do amor.

Era só passado?

Se você reencontra alguém depois de um tempo e aquela pessoa mexe com você toda vez que entra na sala, existe o sentimento, óbvio. Mas precisamos saber de qual sentimento se trata. 
Inevitavelmente, o amor do passado sempre fará você tremer, mas existe uma diferença sutil nisso tudo, que é uma pergunta que você precisa se fazer:

Quando vocês estão longe, você sente falta desse alguém?

Sim? Não?

Se a resposta foi SIM, é porque é amor, se foi não, apenas treme quando está perto dela, é apenas paixão e atração. 

Algumas pessoas possuem a química perfeita e se são fisicamente bonitas, costumam confundir tudo o que sentimos. 

Mãos trêmulas, jeito sem graça de lidar frente a frente, dizer o contrário do que queria ter dito, coração batendo mais forte... não quer dizer amor exatamente.

Quando estamos longe da pessoa e ainda pensamos nela, quando a reencontramos, sentimos algo próximo à tristeza, saudade, uma vontade de abraçar e ficar assim eternamente, embora a atração física possa existir. 

Acontece que ela é substituída em primeiro lugar pelos sentimentos mais profundos como os que acabei de citar.

Se você está em dúvida sobre duas pessoas, e uma delas é um amor antigo, pense bastante se é apenas atração ou se realmente tem aquele sentimento que dói.  

Nem sempre sentimos amor por quem somos atraídos fisicamente, quer tirar a prova?

Se você desejou fisicamente alguém e está com ela, só que agora pensa na outra pessoa com tristeza, este alguém que você está não é quem você ama. 

Se você está com alguém que te faz sentir seguro, que você sente um carinho imenso, mas balança fisicamente pela outra pessoa, quer dizer que quem você ama está aí na sua frente, e não é aquela que te faz sentir a química.

Algumas pessoas conseguem juntar os dois. A química e sensualidade são coisas que as pessoas trabalham em si mesmas, coisas que elas fazem para "enganar" os olhos. Ficar longe do verdadeiro amor é pior do que apenas  sentir um friozinho quando vemos este alguém.