Dúvida entre dois amores? Como resolver o problema.

Como decidir entre dois amores quando se está dividido

Quem está dividido entre dois amores sabe muito bem como é ruim a situação. Você não quer enganar nenhum dos dois, mas também não consegue se decidir.

Finalmente, ao final do post, você poderá ter uma solução de quem realmente deve escolher.


A dica serve para todo tipo de dúvida

Vamos primeiro pensar em duas coisas simples?

O que você quer comer hoje à noite?

Vamos supor que você está em dúvida entre pizza e hamburger, então pede pra outra pessoa escolher. Mesma coisa num bar ou restaurante quando não consegue se decidir pelo cardápio, ou quem sabe na loja, quando está  em dúvida entre duas botas de cores diferentes...

Tudo são escolhas, e qualquer decisão que você tomar, imediatamente vai querer a outra, vai ficar pensando na outra, vai desejar ainda mais a outra e se sentir insatisfeito.

Ao desejar a outra coisa que você não escolheu, você acaba trabalhando seu pensamento nela, observando talvez outras qualidades que não tinha visto antes.

Solucionando o problema

Faça uma escolha ou pergunte a alguém qual escolher.

Vamos dar um exemplo com a Maria. Ela está dividida entre Rafa e Bruno.
Maria pergunta para sua irmã com qual dois dois ela deveria ficar e porque.

A irmã de Maria escolheu o Rafa, e disse pra Maria ficar com ele. Vamos fazer de conta que Maria também teria escolhido mentalmente o Rafa antes de tomar a decisão definitiva.

Ela fica pensando na decisão que tomou o dia todo. Esta é a questão.

Ao escolher o Rafa mentalmente, ela irá desejar o Bruno MUITO mais que antes. O que nos leva a perceber a seguinte conclusão:

Quando tiver uma escolha difícil, force a uma decisão. Quando tiver a decisão final, pronta para ser executada, perceba que o que você REALMENTE QUER, é o OUTRO. 

Ao escolher o azul, você deveria ficar com o verde.
Ao escolher Pizza, você deveria ficar com o Hamburger.
Ao escolher Rafa, você deveria ficar com o Bruno.

Preste bastante atenção no que você está sentindo ao escolher. Vai perceber uma coisinha lá dentro arrependida, mostrando que a outra pessoa era a mais indicada para a escolha.

Pessoas indecisas costumam funcionar muito quando são pressionadas a fazer uma escolha. Se elas não escolhem nada, correm o risco de ficar para sempre na dúvida.

Leia também: