Sou muito explosiva, e meu namorado sofre com isso.


Sou muito explosiva, e meu namorado sofre com isso.

Olá, Gisa.

 Eu namoro há quase 8 meses e meu namorado é daqueles que toda garota gostaria de ter. 
 É atencioso, carinhoso, cuidadoso... enfim.
 Ele é um amor de pessoa.
 Claro que com alguns defeitos, mas ele é o alguém que eu procurava. E eu o amo muito.


 Na verdade, o problema tem sido eu mesma.
 Procuro ao máximo retribuir todo o carinho e esforço que ele tem feito por mim, e as vezes eu até acho que consigo.

 Só que graças ao meu trabalho, à minha família, ou ao meu temperamento mesmo (eu ainda não sei a causa), eu sempre fui uma pessoa meio sem paciência pras coisas, sabe?
 Não só com ele, mas com todo mundo.

 Sou do tipo que me estresso fácil, que não sabe brincar, que perco a linha por coisas muito bobas até, eu diria. E acabo muitas vezes sendo grossa com ele quando não deveria.

 Já reconheci que esse é um defeito meu. E já melhorei bastante, só que ainda tá pouco.

 Gostaria de saber o que eu preciso fazer pra sem uma pessoa mais calma, bem mais paciente e até mais carinhosa.

 Eu me sinto muito triste por ser assim, mas tá difícil mudar esse meu jeito já que a vida inteira eu fui assim.
 Preciso de ajuda!
imagem-getty
 Obrigada.

Camila Bastos


Se ele for calmo fica mais fácil. Com o tempo você vai percebendo que nós temos a capacidade de controlar nossos "instintos", digamos assim. Pense que ser brigona é um comportamento mais 'animal', e toda vez que for fazer algo desse tipo, tente se olhar por fora, e se for o caso pedir desculpas.


Tudo o que temos de ruim dentro da gente que queremos mudar depende de uma luta diária em cima disso.


A família da gente costuma ser um grande agravante, e toda a grosseria da gente está ligada diretamente com o respeito que vai acabando. Você não é grosseira com alguém estranho, porque a pessoa não "permite" dando intimidade pra você ser assim com ela. Então tente exercitar pedidos de desculpas, obrigada, e até mesmo o silêncio antes de perder a cabeça. 


Ficar quieta diante de uma situação que você tende a gritar, pensando naquilo costuma ser um dos melhores treinamentos. O silêncio faz a gente ganhar tempo, e tempo este suficiente pra perceber que você fez bem em não falar nada. Quem é explosivo não costuma dar a si mesmo tempo pra pensar. 


Você já reconheceu que o problema é seu, isso é ótimo, além de estar melhorando e até mesmo buscar ajuda pra isso. Você está no caminho certo. Quando temos um problema, temos que corrigí-lo, ao invés de sentar e dizer que aquilo "faz parte da gente", esperando que os outros nos suportem. 


"Arrependo-me muitas vezes de ter falado, nunca de ter me calado" - Siro