Como se tornar bonito


Quando o feio é tão importante

Nas nossas vidas pensamos muitas vezes “ como gostaria que isso mudasse”, ou então “ não
aguento mais isso da maneira que está”.

Temos situações, momentos ou coisas que gostaríamos que se alterassem, que ficassem
bonitos. Um emprego onde poderíamos trabalhar com mais vontade, uma pessoa que lhe
desse mais atenção, ou até mesmo uma reforma dentro da própria casa para deixa-la mais
arejada, bonita e com cara de palácio.

Mas como poderíamos esquecer que para que algo se torne bonito, se altere para aquilo que
deseja, ele precisa antes se tornar feio, sujo e estranho.

As mudanças começam quando nós decidimos com determinação que algo precisa de um novo
rumo, a partir daí o planejamento começa a tomar forma, e a “ destruição” daquilo que você
quer que mude começa.

Mas me pergunto. Quando essa demolição começa, essa “ batalha” toma forma, você está
pronto? As consequências que se forma, você consegue aguentar o feio que virou?

No meu ponto de vista, somo todos individualistas em alguns momentos da vida. E é
justamente nesses momentos, que esquecemos o objetivo inicial, e começamos a cair.
Reclamando da luta pela mudança, caindo no próprio cansaço e muitas vezes desistindo do
plano inicial.

Como toda boa reforma, muitas coisas devem ser colocadas a baixo, muita sujeira se forma,
há sempre muito barulho e o cenário sempre é de desorganização. Mas se prestar atenção,
isso é só inicialmente.

Conforme o passar do tempo, o projeto começa a ganhar forma, mesmo no meio da agitação e
da bagunça. Aos poucos o caos começa a se tornar ao sonho inicial.

Nas nossas vidas isso também acontece, quando começamos a perceber que a poeira e
a bagunça tem um objetivo realmente positivo no final, começamos a lutar e encarar as
situações e as pressões com mais garra. Essa garra, a vontade de ver sua vida seja ela em qual
área seja ( profissional, sentimental, ou em busca de algum bem matéria... por que não.) ganha
uma cara de “ luta pela conquista”. E como todo guerreiro, entenda. Sem lutas não há vitórias,
e sem vitórias não há conquistas e mudanças.

Não se esqueça do seu objetivo no começo da caminhada, e que toda ação terá uma reação.
Se quer que algo na sua vida se torne bonito, saiba que ele primeiro precisa ficar feio. Mas
conforme continuar o trabalho, ele ganhará forma, e se tornará algo bonito. Todo projeto tem
percalços, e talvez seja necessário revisar o projeto e fazer algumas alterações. Mas pense,
talvez essas alterações podem tornar seu projeto ainda melhor.

O importante é: Não desista de suas mudanças, seu objetivo é sempre melhorar. Não esqueça
jamais o porquê de estar fazendo isso, ou até mesmo passando por algo ruim. Afinal, toda

reforma melhora alguma coisa. E se está feio agora, comemore.

Sim, comemore! Afinal no fim de todo o trabalho, se realmente estiver atento a tudo, vai
perceber o quão lindo ficou essa mudança. Só não desista, se deixar-se cair, sua reforma alem
de demorada, vai necessitar de outras reformas pra reparar os erros da primeira mudança.

Apenas viva de maneira simples, e entenderá muitos porquês na sua própria vida.

Boa reforma!

Texto escrito e cedido ao blog por: 
Victor Luiz Romão 
Twiter: @dracobranime