Supervalorizar quem perdemos ou cativar o que ainda temos?

Falta um equilíbrio.
Existem vários tipos de queixas das pessoas que não conseguem ter um relacionamento feliz, e a maioria delas comete erros que só aprendemos com outros erros e com o tempo.

É errando que aprendemos a não cometer novamente as mancadas que já fizemos, mas mesmo assim os MESMOS erros são cometidos várias vezes e nunca percebemos que o verdadeiro culpado somos nós.

Diz a citação:

"Se você me enganar uma vez, a culpa é sua, se me enganar pela segunda vez, a culpa é minha.  "

Supervalorizando quem perdemos

Você perdeu seu amor. Ou você não soube cuidar ou fez alguma coisa errada, ou ele/ela errou.

Não importa muito o que aconteceu, precisamos falar do que vem depois. Na maioria das vezes mesmo que ele ou ela tenha errado, você perdoa e a coloca num altar.

Neste processo perdemos toda a nossa auto-estima e dignidade porque colocamos em nossa cabeça que aquela pessoa é a certa. Fazer a coisa certa no momento errado é inútil. Você perdeu, precisa lidar com o que vem depois, com sua vida sem a pessoa.

Mas e quanto a consertar os erros?

O ERRO em cima do ERRO é achar que pra ESTE tipo de situação específica, temos que perseguir, pedir, correr atrás e na verdade a melhor forma de lidar com a situação é ficar na sua, se recolher. Este é um dos problemas que costumam se resolver sozinho porque precisa de tempo.

Cativar o que ainda temos

Se você está num namoro problemático ou frio (talvez nem percebeu que a coisa não anda bem), as coisas ainda podem melhorar.

Aqui, podemos evitar de cair na situação acima. Cometer erros aqui obviamente, é o que vai nos levar à situação onde nos arrastamos sem chance de recuperação.

Talvez você só perceba que ama quando perder, mas aí, suas chances de que a pessoa ainda te ame do mesmo jeito são ínfimas.

Comece agora a cuidar daquilo o que ainda tem, a dar atenção pra quem está ao seu lado. Divirta-se ao máximo, crie um tempinho pra vocês dois, cuide do ciúme, faça uma limpeza das coisas que atrapalham seu namoro.

Se a sua planta morreu sem água, não vai adiantar regá-la depois. É por isso que a segunda opção do nosso título do post é a única que funciona.