Tenho namorado, mas estou me apaixonada por outro.



Tenho dezoito anos e namoro com o mesmo garoto desde os dezesseis.
Estudávamos na mesma escola e nos víamos todos os dias. Mas desde o início do ano, quando fomos para faculdades diferentes, ele vem me ligando menos vezes durante a semana e existem semanas que ele nem me liga. Apesar disso, eu sei que ele ainda me ama e só faz isso porque está realmente ocupado.

Só que na faculdade eu conheci um menino incrível. Em apenas uma semana nós já tínhamos ficado bem próximos e acabamos nos tornando amigos inseparáveis. Só que de repente eu não consegui mais parar de pensar nele.


Eu acordo de manhã pensando que de tarde eu vou vê-lo na aula, e sei que quando eu chegar ele vai estar guardando o meu lugar bem do lado do dele. Tenho a impressão de que esse garoto também está interessado em mim, apesar dele nunca ter dito nada diretamente ou nunca ter jogado uma indireta. Mas é que às vezes eu vejo que ele fica olhando de longe pra mim, ele puxa assunto constantemente, me pergunta sobre coisas que eu gosto...

 E eu estou num impasse. Não sei o que fazer, como agir. Tenho total consciência de que não devo trair o meu namorado, pois sei que eu não gostaria que ele me traísse também. Mas eu me vejo cada dia menos do lado dele e me vejo cada vez mais próxima do outro menino. Sei que no final a decisão do que deve ser feito deverá ser minha, mas eu preciso de um conselho, de uma luz.

Não quero terminar e magoar ao meu namorado, mas também não quero ficar presa a ele gostando de outra pessoa. Então, se alguém puder ajudar, eu agradeceria muito




Como você pode ver neste post aqui

É o tempo em que encontramos pessoas que são a nossa cara, que gostam do que gostamos e onde a maioria dos namoros afundam.

Não se pode manter um namoro onde não existe mais sentimentos, e pra ser leal como você sempre foi, é bom abrir o jogo.

Como diz a citação: "Se você acha que ama duas pessoas ao mesmo tempo, escolha a segunda. Porque se você realmente amasse a primeira, não teria uma segunda opção."

E lembre-se que não adianta você "esperar" que consiga resolver isso sozinha, esperando as coisas tomarem um lugar porque elas não vão se resolver sozinha sem que alguém sofra. 

Ou seu namorado sofrerá, ou seu amigo encontrará outra pessoa e você sofrerá por que não o escolheu, ou seu amigo continuará sofrendo porque gosta de alguém que está namorando. 

Abra o jogo com todos eles. Pode ser fogo de palha e pode não ser.