Destaque ao comentário: Homem feio vs Mulher bonita.

Gostaria de deixar registrado em post o comentário de um leitor do blog. Simples, direto, ácido e não menos válido como dica.
O comentário foi feito no post "Você está envelhecendo e não consegue ninguém", hoje dia 29/10/2012.

O engraçado é que muitos homens que se dizem feios aqui, falam coisas do tipo "é frustrante olhar as mulheres bonitas e saber que nunca vou ficar com elas", em vários comentários vi eles exaltando as mulheres bonitas, mas e as feias? Vocês fazem com as mulheres feias o mesmo que a sociedade faz com vocês. Se se acham feios pq não procuram uma mulher feia pra vocês? Eu me acho feia e fico triste pq vejo muitos homens feios solitários, em seus cantos, mas preferem viver na solidão do que dar bola para uma mulher feia. Contraditório, não? 
-- Mãozinha Amiga

Diferença de idade no namoro


Sou uma mulher de 44 anos, divorciada.
A minha historia começou em novembro de 2006, quando me separei conheci um rapaz de 17 anos, que era um colega de trabalho. Com o tempo percebi que gostava de conversar e fazer muitas coisa juntos, nos apaixonamos, até então estamos juntos há 6 anos, somos felizes, mas eu acho que ele deixa de viver coisa da idade dele.
Acho que no futuro irá se arrepender. Ele diz que não, porem já tive 22 anos, e agora ele esta indo para faculdade e sinto muito insegura. 

Quando é possível mudar alguém?

Antes de entrar no assunto, atente para o seguinte estudo:
Ao colocar um sapo em um recipiente com a mesma água da lagoa em que ele estava, e colocar para ferver, ele irá permanecer sem se mover ali até que a água ferva e ele morra. Mas se você pegar um sapo e jogar na água já fervendo, ele irá pular fora na mesma hora fugindo, reagindo à temperatura.

O famoso caso do sapo fervido, é usado em comparativo para diversas situações, e eu vou aplicá-la aqui, para quando falamos de mudanças.

O nosso amor se transformou em bom dia.

"Foi um relacionamento de anos. Não foi um dia, um mês, seis meses. Sem mencionar que a gente se conhecia muito antes de começar o namoro. Havia amizade antes de tudo, depois o amor. Eu achava que seria algo eterno. Hoje estamos separados, e ele me trata como se eu fosse uma estranha..."

Posso com toda firmeza dizer que é algo muito comum e às vezes inexplicável para algumas pessoas. Você já pensou nisso antes? Em como uma pessoa que dormiu com você, foi mais íntima que qualquer outra em sua vida, agora te trata como um estranho?

Eu e um certo professor

 Minha história teve início em 2011, começaram as aulas e de repente me apaixonei por este professor - nada mais comum -, porém, não somos mais adolescentes, ele têm 40 anos e eu 36.

Sou bem vivida já fui casada, morei no exterior por 15 anos, voltei ao Brasil e decidi retomar minha vida universitária.

Ela gosta ou não de mim?


No começo desse ano eu conheci uma menina me apresentando a ela, quando ela sorriu para mim eu me apaixonei.
Comecei a agradá-la com presentes e tentava conversar, mas ela ficava quieta e só com as amigas. Uns colegas meus me falaram para eu não ficar muito atrás dela, e foi isso que fiz. Eu só ia conversar quando a cumprimentava entre outras coisas.

Um tímido carismático: quando somos tímidos apenas no amor

Os sentimentos são complexos, e não basta apenas alguém dizer que é tímido, pra você pensar que ela vai ter medo e vergonha de tudo.

Como eu já disse antes neste post aqui, a insegurança e medo vêm da expectativa e do desconhecido, mas você precisa lutar para tornar aquilo trivial.

Diferença de idade, ciúmes e separação


 Tenho hoje 45 anos, e estava num relacionamento há quase 5 anos com alguém que dizia sempre que me amava. Ela é mais nova que eu 19 anos e hoje tem 26.

 Sempre tivemos um relacionamento cercado de ciúmes, tanto da parte dela como da minha, sendo que meu ciúme apareceu depois do dela, ou seja ele sempre se mostrou ciumenta e isso fez com que eu também me torna-se ciumento.
 Há cerca de dois meses nosso relacionamento entrou numa crise mais profunda, resultado da desconfiança dela de que eu a tinha traido. Eu a amo demais e nunca fiz traição.

Tudo o que você precisa saber sobre levar um fora.

Experiências incomuns tendem a machucar muito mais do que as corriqueiras.

Se você está não acostumado(a) a chegar ou se declarar para quem está afim, entendeu o que eu quis dizer.
É tudo medo. O coração acelerado e as mãos frias quando temos que fazer algo, mas você acaba botando tudo na balança e achando que não vale a pena correr o risco.