Não consigo dar continuidade em nada

Eu sou muito indecisa e não sei o que quero, começo a fazer alguma coisa e depois desisto, Eu gosto de tudo e de nada ao mesmo tempo...
Clarissa.

Pra ajudar você nessa, vou confessar que é um problema que me persegue também. Este blog foi um exemplo de que nem tudo vai fracassar. Quando comecei o Um Ombro Amigo, fui de forma despretensiosa, porém coloquei responsabilidade e continuei.

A primeira coisa que você deve fazer, é pegar tudo o que você gosta e tentar encontrar pontos em comum. Outra coisa, é que você não precisa se prender a um só projeto. Você pode ao longo da vida, estudar diferentes cursos, começando pelo que mais está empolgada, e fazer outro depois, um complemento. Você pode trabalhar com uma das coisas, e ler sobre outras.


A imagem já mostra o que é muito importante aqui: superar os momentos ruins que virão inicialmente.

Você VAI ter recaídas, porque a rotina é chata. Tudo na vida que é bom, se for feito de forma repetida fica ruim, ou seja, tudo o que é bom, pode ser ruim. Num curso por exemplo, você vai ter matérias que acha chatíssimas, mas vai ter que passar por isso. O importante é se policiar e ir em frente.

Se começou um projeto só, fique só com ele, vá até o fim. 

Ter um gosto variado nos trás esta implicação. Como diz a citação inglesa, "Jack of all trades, master of none", traduzido mais ou menos pra alguém que faz de tudo, e por isso não é especialista em nada. Seria algo como um "pau pra toda obra" aqui. Você terá mais responsabilidade pra avançar um degrau ou vários do que gosta.

Quando pisar fundo em alguma coisa, depois de um tempo lidando com aquilo, vai sentir falta de outras, vai querer desistir, mas lembre-se do motivo pelo qual engajou. Se você desistir, daqui a um tempo, vai querer voltar. Por isso tudo, se esforce pra ir até o fim.

Tenha horários pra tudo. Se dedique de verdade, e não comece a fazer nada enquanto não tiver terminado o que começou, ok? Faça disso um "castigo" pra você.