Como o código Jedi pode ajudar um apaixonado

Quando estamos apaixonados, pensamos naquela pessoa o tempo todo. Nosso pensamento é 24 horas invadido por imagens, momentos que passamos com este alguém, as frases ditas por ela, até mesmo frases nunca ditas.

Este é um grande problema. Assim como uma novela ou seriado acaba esticando a história e enchendo linguiça pra fazer uma pequena história durar muitos meses, nosso pensamento quando estamos apaixonados, fazem a mesma coisa, inventando diálogos e supondo respostas que nunca aconteceram.

Quando somos terminados por exemplo, ou levamos um fora, pegamos uma simples frase dita pelo nosso amor, e começamos a revirá-la.


Sabe aquelas provas de português de interpretação, onde a pergunta consegue tirar umas dez frases diferentes de dentro de uma pequena frase de um texto? Ou um quadro pintado com uma flor, vira nas mãos dos fanáticos, um texto gigante tentando explicar qual foi o verdadeiro sentido metafórico do pintor ter feito aquela florzinha ali? É por aí.

Você não tem nada pra fazer - mesmo que não queira vai pensar naquela pessoa - então começa a remoer todas as frases ditas, dando a elas significados inexistentes, ou se ele não te procurou, na sua cabeça ele já está na terceira namorada diferente e de casamento marcado...

A paixão é sentimento, e sentimentos são intensos. Sentimentos são expressados e ponto. Você não pondera sobre eles. Se está com raiva, vai lá e faz o que quer fazer: reclama, briga, grita, rasga, suprime os sentimentos e desconta em alguém...

O que fazemos quando estamos apaixonados, é pensar naquela pessoa o tempo todo, colocá-la num altar, achar que sabemos exatamente o que ela está pensando, colocamos palavras na boca dela, "lemos seu pensamento" supondo coisas que não aconteceram, aceleramos o tempo. Pronto, ao acelerar o tempo, você transforma um dia em uma semana. Se decidiu ficar longe dele por um tempo, no dia seguinte já vai estar agoniado.

Basicamente, todos os apaixonados (menos os super tímidos), acabam agindo por impulso e tendo atitudes que prejudicam quaisquer chances que eles teriam se estivessem em sua sã consciência. Podemos dizer até, que uma pessoa apaixonada está doente.

Quando aquilo passa, e você consegue pensar com calma, consegue deixar a poeira baixar, você sempre se arrepende da maioria das coisas que fez e disse, e se acha um idiota.

Geralmente os adolescentes cometem muitos erros, certo? Eles quase sempre agem por impulso, e é exatamente o que qualquer pessoa faz quando está apaixonada. Por isso, dizemos que uma pessoa está agindo como adolescente quando está apaixonada.

Citando mitologia de Star Wars, eu tenho um exemplo perfeito sobre este comportamento. Lá, a filosofia Jedi diz:


Não há emoção; há paz.
Não há ignorância; há conhecimento.
Não há paixão; há serenidade.
Não há caos; há harmonia.
Não há morte; há a Força.


Buscar o equilíbrio, é conseguir pensar com a razão para não cometermos erros bobos que iremos nos arrepender depois. Quando você está apaixonado demais, foi abandonado, quer voltar, quer "lutar" por quem se ama, você não deve fazer nada que modifique o cenário em relação a quem você ama. A possibilidade de você cometer um erro será muito alta.

Então, ficamos hoje com a lição - nerd - de realmente dar um tempo até que você NOTE uma mudança real na sua forma de pensar, que você sinta calma e consiga raciocinar direito sobre suas ações. Antes disso, não faça nada.